Resenha - Sempre Haverá Você


Título: Sempre Haverá Você
Título Original: Us Minus Mum
Autora: Heather Butler
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256
Ano: 2017
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Amazon

Uma história simples e cativante. 

Sinopse: A mãe do George e do Theo é genial. Ela conta histórias incríveis, acena mais rápido do que qualquer pessoa do planeta e, o mais importante, foi ela que sugeriu que eles adotassem um cachorro porcalhão chamado Goffo. Os meninos acham que ela é invencível. Mas eles estão errados. Porque a mamãe está doente. E cabe ao George e ao Theo fazer a mamãe continuar sorrindo. O que, muito provavelmente, vai envolver galochas, tortas de carne e a participação do Goffo no Concurso de Talento Animal...
Agora que a mamãe ficou doente, está cada vez mais difícil sorrir e inventar versos com o Theo. Sempre haverá você conta sobre uma família diferente da sua, mas um pouquinho parecida. E de um menino que está aprendendo algumas coisas. Você quer ser amigo dele?

A Trama: Sob os olhos de George, um garotinho de 10 anos, Sempre Haverá Você apresenta ao leitor a rotina de uma família comum - e então tudo muda quando eles descobrem que a mãe está sofrendo de uma doença bastante séria
E, ver essa mudança através do ponto de vista de uma criança tão pequena  e ingênua, que apesar de ter alguma noção do que está acontecendo, não consegue entender o real impacto que aquilo terá na sua vida, é bastante difícil. Porque George continua se divertindo com pequenas coisas, valorizando momentos simples e alegrias bobas... Mas, ao mesmo tempo, ele se preocupa com o que irá acontecer com sua mãe, sofre por perceber que ela está mudando e já não é mais a mesma. E então ele fica perdido, sem saber o que fazer para que as coisas voltem a ser como antes.
Me envolvi muito com a história, e em diversos momentos me flagrei querendo pegar George e Theo (seu irmão mais novo) no colo e dizer que tudo ficaria bem - mesmo sabendo que talvez isso não fosse verdade. 

Os PersonagensGeorge é um garoto muito inteligente, com algumas manias bem peculiares e um coração imenso. Sua relação com a mãe é uma das partes mais bonitas de toda a obra, e é o que faz com que seja ainda mais difícil aceitar o que está acontecendo com essa família.
Theo é o típico irmão mais novo, meio mimado e birrento, mas é lindo ver o quanto George tenta proteger e cuidar do irmão - mesmo com tantas pessoas à sua volta dispostas a assumir essa função. 

Capa, Diagramação e Escrita: Preciso dizer que a capa não me conquistou muito. Apesar de, de certa forma, combinar com a história, ela ficou um tanto quanto artificial e não conseguiu me convencer. Mas... Não vamos julgar o livro pela capa.
A diagramação é bem diferente daquelas a que estamos acostumados. O espaçamento entre os parágrafos é imenso - acredito que, num espaçamento normal, talvez o livro não chegasse a 150 páginas -, mas é bizarro o quanto ele combina com a narrativa. No início de cada capítulo há um quadro negro com um "fato", uma curiosidade sobre a história, e esse é outro detalhe do qual gostei bastante. 
A escrita é incrivelmente simples e fluida, realmente convence como o relato de um garoto de apenas 10 anos de idade. Li o livro todo em poucas horas e ele me cativou bastante. 

Concluindo: Sempre Haverá Você é uma história rápida e envolvente, que irá conquistar a todas as idadesTalvez esse livro  não vá se tornar um favorito para você. Talvez ele não marque a sua vida literária. Mas, sem a menor sombra de dúvida, ele irá te fazer refletir - e, apenas por isso, já vale a leitura.