Resenha - A Traidora do Trono

Título: A Traidora do Trono
Título Original: Traitor to the Throne
Série: A Rebelde do Deserto
1- A Rebelde do Deserto
2- A Traidora do Trono

3- Sem título
Autor: Alwyn Hamilton
Editora: Seguinte
Páginas: 440
Ano: 2017
Saiba Mais: Skoob
Comprar: Amazon // Saraiva // Submarino

Uma ótima sequência!

Essa resenha não contém spoilers do primeiro volume.

SinopseAmani Al’Hiza mal pôde acreditar quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal, montada num cavalo mágico junto com Jin, um forasteiro misterioso. Depois de pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser a própria liberdade- a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que quer livrar o país inteiro do domínio do sultão. Em meio às perigosas batalhas ao lado dos rebeldes, Amani é traída quando menos espera e se vê prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela começa a espionar o sultão. Mas quanto mais tempo passa ali, mais Amani questiona se o governante de fato é o vilão que todos acreditam.

A TramaEsse livro começa um pouco depois dos últimos eventos de A Rebelde do Deserto, o que pode ser confuso por um momento, mas depois a imersão na história é inevitável. Eu consegui me conectar mais à história e aos personagens nesse volume, e fiquei tão presa às páginas que era difícil pausar a leitura, mesmo que eu quisesse salvá-la para durar mais um pouquinho. Após ser traída por alguém que achava poder confiar, Amani é vendida para o sultão e finalmente tem a chance de conhecer um pouco melhor o governante de Miraji. A ameaça dos rebeldes está crescendo cada vez mais, o que coloca a todos em estado de alerta, além de adquirir mais alguns simpatizantes da causa. No primeiro volume eu havia achado que a autora pecou um pouco na construção do mundo e no sistema de magia, mas aqui ela conseguiu deixar tudo mais interessante e visual, desenvolvendo melhor as questões sobre os demjis e os djinis, além de explorar mais o lado político da trama, o que deixou tudo ainda mais interessante. Pode até parecer que, lá pelo meio, o livro fica um pouco parado de mais, mas isso vale a pena pelo desenvolvimento da história. O final foi de tirar o fôlego e me deixou muito ansiosa pelo próximo volume.

Os PersonagensAmani é aquela garota que faria tudo pelos que ama e, principalmente, pela causa rebelde, incluindo arriscar a própria vida. Ela é uma ótima protagonista para essa história, forte e corajosa, uma evolução mais madura da menina do primeiro livro. Eu gosto bastante de seu relacionamento com Jin, eles trabalham bem juntos e seus momentos românticos não são de dar diabetes, apesar de, ainda assim, eles decidirem se beijar em momentos inoportunos (como, por exemplo, enquanto estão sendo perseguidos por alguém que quer os matar). Shazad é das minhas favoritas! Ela engana com seu rostinho bonito e status social, mas é uma guerreira e estrategista maravilhosa e uma ótima amiga. Ahmed, o príncipe rebelde, ainda está um pouco apagado, na minha opinião. Ele é o grande causador da rebelião, mas na maior parte do tempo sinto como se ele fosse um personagem qualquer. Gostei bastante de alguns dos novos personagens introduzidos, como Sam e Rahim, eles se ajustaram perfeitamente ao grupo. E o sultão é um homem que consegue enganar com suas frases bem planejadas e manipuladoras, porém teve ótimos diálogos com Amani.


Capa, Diagramação e Escrita: Eu não tinha gostado tanto dessa capa, mas quando a vi pessoalmente mudei completamente de ideia. Gosto muito do tom de roxo e os detalhes dourados metalizados deixam tudo ainda mais bonito. A diagramação está como no primeiro livro, mudando apenas o padrão na ponta da página que inicia cada capítulo. A escrita é muito envolvente e viciante! Como disse antes, a autora conseguiu desenvolver melhor o mundo e o sistema de magia, além de construir diálogos bem interessantes entre os personagens. As cenas de ação também estão muito boas.

Concluindo: Esse livro conseguiu me deixar mais animada e envolvida com a história e os personagens, muitas coisas interessantes aconteceram e agora a guerra entre os rebeldes e o sultão está cada vez mais próxima. Se você ainda não começou a ler essa trilogia, recomendo bastante para quem gosta de fantasia. Se já leu o primeiro livro, não espere muito para pegar o segundo, porque vale muito a pena!