Resenha - A Livraria Mágica de Paris

Título: A Livraria Mágica de Paris
Título Original: Das Lavendelzimmer
Autora: Nina George
Editora: Record
Páginas: 308
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Shoptime // Submarino // Americanas 

Uma linda história que peca em seu desenvolvimento.

Sinopse: O livreiro parisiense Jean Perdu sabe exatamente que livro cada cliente deve ler para amenizar os sofrimentos da alma. Em seu barco-livraria, ele vende romances como se fossem remédios. Infelizmente, o único sofrimento que não consegue curar é o seu: a desilusão amorosa que o atormenta há 21 anos, desde que a bela Manon partiu enquanto ele dormia. Tudo o que ela deixou foi uma carta — que Perdu não teve coragem de ler. Até um determinado verão — o verão que muda tudo e que leva Monsieur Perdu a abandonar a casa na estreita rue Montagnard e a embarcar numa jornada que o levará ao coração da Provence e de volta ao mundo dos vivos. Sucesso de público e crítica, repleto de momentos deliciosos e salpicado com uma boa dose de aventura, A livraria mágica de Paris é uma carta de amor aos livros — perfeito para quem acredita no poder que as histórias têm de influenciar nossas vidas.

A Trama: Alguns podem dizer que esse livro conta a história de um homem que, 21 anos depois de ter sido abandonado pelo seu grande amor, embarca em uma jornada pelo país com o objetivo de reparar os erros de seu passado.
Eu, digo que esse livro traz a história de um leitor apaixonado e sua relação com os livros. Porém, chegar a essa história linda que está escondida naquela ali de cima não é uma tarefa fácil - exige bastante paciência e muita interpretação. 
Mas vale à pena. Se a "primeira" interpretação não me conquistou muito, aquela que está escondida em suas palavras vai seguir comigo por muito tempo

Resenha - Repeteco


Título: Repeteco 
Título Original: Seconds
Livro único.  
Autor: Bryan Lee O' Malley 
Editora: Quadrinhos na Cia. (Cia das Letras) 
Páginas: 336 
Comprar: Submarino // Amazon

Sinopse: A vida de Katie vai muito bem. Ela é uma chef talentosa, dona de um restaurante de sucesso e com grandes planos para a vida. De repente, em um único dia ela perde uma grande chance de negócios, sua paquera com um jovem chef azeda, sua melhor garçonete se machuca e um ex-namorado charmoso aparece para complicar ainda mais a situação. Quando tudo parece perdido e Katie já não enxerga mais uma solução, uma misteriosa garota aparece no meio da noite com a receita perfeita para uma segunda chance. E assim, Katie ganha um repeteco na vida e precisará lidar com as consequências de suas melhores intenções.


A Trama: Katie é uma chef conceituada, abriu um restaurante em sociedade com os amigos há alguns anos, só que nesse projeto ela atuava somente como chef apesar de sempre sonhar em ter o próprio restaurante, inclusive ela já escolheu o local e começou as reformas. Quando Katie está para deixar o Repeteco de vez, ela conhece uma estranha garota loira, que aparece misteriosamente por todos os cantos do restaurante.

Retrospectiva Literária 2016 - Lary

Olá, Olá! Eu sou a última e a mais perdida! Nunca fiz uma retrospectiva, então me perdoem se ela for sem graça... Vocês já sabem que meu gosto é... Excêntrico, certo?


O mais Bonito

Uma das joias da minha "coleção" é um dos livros mais bonitos que tenho na estante, sua jacket é translúcida e impressa em tinta cintilante. A capa da HQ é dura e o desenho é obscuro e detalhado, assim como por toda a história - em preto e branco com detalhes dourados. O traço de Neil exerce uma atmosfera "Tim Burton" com toques de delicadeza - uma Obra-prima.

Superou as Expectativas\ Melhor Surpresa
Série Não Pare!

Quando requisitei Não Pare da editora Valentina, foi sem nenhuma pretensão - havia achado a sinopse simpática somente. A escrita de Pepper é deliciosa, cativante. A trama foi criativa e soube focar nos seus pontos chaves, sem decepcionar e proporcionando uma leitura incrível.


Série Favorita

Dama da Meia-Noite me recordou como eu gostava do universo e da história de Instrumentos Mortais. Não que ela seja excepcional (ela é sim boa, bem escrita e criativa - mas acho que hoje em dia ela tem uma classificação média), mas me cativou pessoalmente. Além disso eu imaginei que o nível ia cair um pouco depois de tantos livros, mas isso não aconteceu, a trama de Dama da Meia-Noite é ótima, os personagens são muito interessantes e a leitura é muito fluida (tinha de ser também, livros enormes e maçantes não funcionam, ele tem 574 páginas).

Pilha de Leitura da Luh #35

Pensaram que eu não ia voltar, né?
A última Pilha da Luh foi lá em setembro, então vou simplesmente mostrar o que eu li no último mês, pra não ter que fazer um resumo gigantesco de metade do semestre.
Se você não conhece a Pilha de Leitura, é uma coluna em que nós vamos falar um pouquinho sobre os próximos livros que pretendemos ler, como está indo nosso ritmo, quais livros gostamos, e quais não, e muito mais. Está sem paciência para ler resenhas? Aproveite, aqui eu faço um resuminho.

A Última Pilha:


Vou começar dizendo que amei essas cores!

Resenha - Eles Precisam Morrer


Título: Eles Precisam Morrer
Livro Único.
Autora: Monica Dombroski
Editora: Chiado
Páginas: 302
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Travessa // Cultura // Outras opções

Sinopse: Alicia, Clara e Amanda são três adolescentes que vivem em uma pequena cidade do interior e compartilham uma vida de tédio e poucas perspectivas de futuro.
Elas acreditam que os responsáveis pela vida ruim que levam são as pessoas com quem convivem e, aos poucos, a ideia de eliminar algumas pessoas vai amadurecendo até desencadear uma série de mortes e revelações, trazendo um esclarecimento sobre quem realmente é o responsável pela vida de cada uma.

A Trama: O começo do livro é bem arrastado. Demorei a entender qual o propósito da trama, pois já havia chegado a uma "moral da história", digamos assim, antes de acabar a primeira parte do livro, que são basicamente 90 páginas de Alicia, Clara e Amanda passando pelas mesmas coisas repetidamente e reclamando da vida inutilmente. Passada essa primeira parte, o livro fica mais interessante e consegue prender minha atenção.  

Vem Aí no Fome!

Olá gente linda da minha vida!
Ano novo é a melhor época para mudanças e, pensando nisso, resolvemos dar uma sacudida nas coisas por aqui.
Muito em breve o Fome de Livros estará de cara nova (nenhuma de nós aguenta mais esse rosa chiclete) e, para comemorar o novo layout, resolvemos inovar também no conteúdo! Algumas de nossas colunas serão extintas, outras passarão por uma repaginada e, principalmente, teremos várias novinhas em folha, que pensamos com muito carinho para vocês!
Por essa razão, cá estou eu, nessa linda noite de verão, para apresentar-lhes o que vem aí na globo no Fome!

Playlist do Livro
Como 99% da população mundial, também somos apaixonadas por música e, obviamente, sempre que estamos lendo algum livro especial ficamos pensando que tal música combinaria perfeitamente com aquela cena.
Agora, resolvemos compartilhar essas opiniões com vocês. Vamos poder trocar ideias e chegar à playlist perfeita para aquele livro que ganhou nosso coração!

Do Livro pra Panela
Como 100% da população mundial, nós amamos comer (haha). Há muito tempo tenho vontade de unir minha paixão pelos livros com meu amor pela cozinha e, nessa onda de renovação, vi a oportunidade perfeita.
A coluna trará receitas fáceis (pra todo mundo poder fazer) baseadas nos livros resenhados por aqui, e mal posso esperar para finalmente colocá-la em prática!

O Livo é Melhor?
Com tantos livros sendo adaptados para o cinema e a TV, fica aquela pergunta: o livro é melhor? Eu já adianto, quase sempre (haha). Mas preciso admitir que há vários casos em que ou a adaptação foi tão fofa que a gente se apaixona mais uma vez... Ou aqueles em que ela destrói nossos personagens tão queridos e parte nossos corações!
Pois bem, como amamos muito nossos leitores queridos, vamos poupá-los do trabalho de descobrir sozinhos e responderemos a essa pergunta por aqui.

Recapitulando
Saiu o novo livro daquela série que você adora, mas você não lembra quase nada do livro anterior? O Fome está aqui pra isso!
Nessa coluna, iremos fazer um resumo com muito spoiler dos volumes anteriores de nossas séries queridinhas. Assim, ninguém mais vai precisar controlar a ansiedade para descobrir o desfecho daquele acontecimento bombástico, enquanto relê o livro anterior.

Lançamentos
Ok, essa não é tão novidade assim... Mas vocês devem ter percebido que ano passado eles foram praticamente abandonados, então estou aqui para dizer que sim, os lançamentos voltarão com força total!

Pilha de Leitura
Outra que não é lá grande novidade, mas vamos tentar postar nossas pilhas com uma frequência maior e ser fiéis àquilo que planejarmos (essa é a parte mais difícil).

Resenhas
Tá, eu sei que essa vocês já sabiam que ia continuar, mas nunca é demais esclarecer as coisas (haha).

Promoções
Porque vocês merecem né! Nossas promoções continuam com tudo e vamos sempre tentar trazer os melhores livros para os melhores leitores!

Desafios
Os desafios literários do Fome não pararão! E, claro, sempre trarão mais prêmios para vocês.

Saciando a Fome
O Saciando continua, mas agora ele será postado no Instagram do blog (@blogfomedelivros). Se você ainda não segue a gente lá, não perca mais tempo!

Quanto à Terça do Top, Quinta das Capas e o Top Comentarista... Essas, por enquanto, não farão parte da nova fase do Fome. Mas nunca se sabe, sempre podemos mudar de ideia.
Era isso gente. Espero que vocês gostem das novidades, comentem muito para sabermos o que vocês acharam e fiquem espertos para não perder nada!

Resenha - Só Por Uma Noite

Título: Só Por Uma Noite
Autoras: Monique e Mônica Sperandio
Editora: Novo Conceito
Páginas: 189
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon 

A leitura desse livro foi uma experiência bizarra.

Sinopse: Uma noite. Quatro amigas. Muitos segredos. Uma lista.
- Ir para um cemitério no meio da noite (✔️)
- Mudar completamente o visual (✔️)
- Descobrir um terrível segredo sobre suas amigas (✔️)
- Confessar que está apaixonada pelo seu melhor amigo (✔️)
Samanta Calliari tem vivido com medo durante a sua vida toda. Por causa disso, ela tem se privado de viver intensamente. Uma prova dessas privações é a paixão secreta que Sam tem pelo seu melhor amigo, Gustavo. Só que ela não está sozinha nessa. Suas três melhores amigas, Nat, Marina e Daphne, também sentem medo. Elas irão acompanhar Samanta na noite mais reveladora de suas vidas, onde enfrentarão seus maiores medos, devido a uma lista de desafios deixada para elas cumprirem. 
Então o que, possivelmente, poderia dar errado na tão esperada noite das quatro amigas? Quase tudo, é claro. Declarações de amor frustradas, verdades engasgadas e loucuras em cada item da lista as aguardam nessa noite.
Para sobreviver a lista de desafios e para revelar a verdade para suas amigas, Samanta vai precisar de toda a sua coragem. Mas como ela irá fazer isso se toda vez que é corajosa algo a sua volta desmorona?

A Trama: A trama de Só Por Uma Noite pareceu um mix de Gossip Girl com Pretty Little Liars. Vicky, a quinta integrante do grupo, que conhecia os maiores segredos das demais, deixou uma lista de desafios. Lista essa, que deve ser cumprida por Sam, Nat, Marina e Daphne. E é basicamente isso que você vai encontrar ao passar das páginas... As quatro se metendo em confusões e colocando a amizade à prova cada vez que um novo item é cumprido e um segredo é revelado (nossa, agora pareceu que estou narrando um filme de sessão da tarde, haha).

Lançamentos de Janeiro #3

Oi, gente! Hoje é dia de darmos mais uma conferida nos lançamentos do mês! \o/
Estão curiosos para ler algum?
Bora lá ver a lista de hoje!

A Longa Caminhada - Ben Fountain - Intrínseca

Em plena guerra do Iraque, a equipe de uma emissora de TV registra uma violenta batalha de soldados americanos contra insurgentes iraquianos. Três minutos e quarenta e três segundos de brutalidade são suficientes para transformar o jovem cabo Billy Lynn e seus sete companheiros sobreviventes do esquadrão Bravo em heróis nacionais.
Os oito militares são convidados pelo governo para realizar uma Turnê da Vitória, cruzando os Estados Unidos com o objetivo de estimular o apoio às tropas norte-americanas. Os homens do Bravo são recebidos como salvadores da pátria, dão entrevistas e estampam capas de revistas. São até mesmo convidados para visitar a Casa Branca. A apoteose da turnê está marcada para o Dia de Ação de Graças, no intervalo de um importante jogo de futebol americano no Texas Stadium. Mas nada sai como planejado.
Imersos em um mundo dominado por política, dinheiro, profissionais do show business, jogadores de futebol americano e líderes de torcida, os integrantes do Bravo pensam apenas em aproveitar os últimos momentos de liberdade, pois em breve deverão enfrentar o que deixaram no Iraque — a atrocidade do conflito e os companheiros mortos em combate —, e serão obrigados a mais uma vez abrir mão de suas ilusões e de sua inocência em favor da guerra. Com uma prosa sofisticada, engraçada e devastadora, A longa caminhada de Billy Lynn é um retrato ácido e impactante.


Eva Nove cresceu em um Santuário — um complexo subterrâneo seguro planejado para abrigar seres humanos enquanto o planeta Terra se recupera de um cataclismo ambiental —, tendo como única companhia Mater, uma robô. Mas a invasão de um ser desconhecido a força a abandonar seu lar, desvelando a terra cheia de criaturas inimagináveis chamada Orbona. Eva conhece Andrílio, um dos seres alienígenas que colonizou a superfície do planeta, e parte com ele e Mater em busca de mais seres humanos, motivada por uma misteriosa figura com a inscrição WondLa.
Em um caminho cheio de perigos, Eva aprende mais sobre a amizade, a natureza e os ciclos que governam a vida: mas alguns trajetos cobram seus preços, levando até mesmo pessoas queridas. É então que ela conhece Hailey, um garoto que se oferece para levá-la à cidade de Nova Ática, um refúgio utópico onde humanos vivem em paz e igualdade. No entanto, essa bela promessa esconde um plano para aniquilar os alienígenas do planeta e permitir que os humanos o governem mais uma vez.
A batalha de WondLa, último livro da trilogia iniciada com Em busca de Wondla, acompanha uma Eva Nove mais madura e corajosa, disposta a enfrentar seus maiores medos para garantir a segurança daqueles que ama.


Edição especial com fotos e comentários de E. L. James sobre os bastidores da aguardada sequência cinematográfica de Cinquenta Tons de Cinza e um trecho antecipado de Cinquenta Tons Mais Escuros pelos olhos de Christian, próximo romance da autora.

Assustada com o lado obscuro do belo e atormentado Christian Grey, Anastasia Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e decide se concentrar em sua carreira: ela acaba de conseguir um emprego em uma editora de livros de Seattle. Mas o desejo que sente por Christian ainda domina seus pensamentos e, quando ele propõe reatarem o namoro, ela não consegue resistir. Por amor a Ana, Christian está disposto a enfrentar seus demônios interiores. Em pouco tempo, porém, ela descobre segredos do passado de seu amargurado e dominador parceiro que jamais imaginou serem possíveis, e se vê obrigada a tomar uma importante decisão.

Resenha - O Bosque Subterrâneo


Título: O Bosque Subterrâneo
Título Original: Under Wildwood
Série: Cronicas de Wildwood
1- O Bosque Silencioso (2014)
2- O Bosque Subterâneo
3- Wildwood Imperium (2014 US)
Autor: Colin Meloy
Editora: Galera Junior
Páginas: 432
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva \\ Submarino

Simplesmente adorável!

Sinopse: A vida de Prue McKeel é extremamente normal. Isto é, até que seu irmão é raptado por corvos e levado para o intransponível e impassável bosque, denso e emaranhado nas bordas de Portland. Ninguém nunca vai até lá, ou pelo menos nunca ninguém voltou para contar. Assim começa uma aventura que levará Prue e seu amigo Curtis profundamente na impassável floresta. Lá, eles descobrem um mundo secreto no meio de uma agitação violenta - um mundo cheio de criaturas guerreiras, místicos pacíficos e figuras poderosas com as mais sombrias intenções. E o que era para ser um resgate se torna algo muito maior. Eles se encontram entrelaçados em uma luta pela própria liberdade do bosque. Um lugar que os locais chamam de Wildwood.

A TramaA vida não é mais a mesma depois da grande aventura que Prue viveu quando cruzou a fronteira do bosque impenetrável em sua cidade, nada tem graça comparado ao verde infinito e suas criaturas peculiares; Sem contar a saudade de Curtis, que continua no bosque agora treinando para se tornar um bandido! Mas as coisas não andam tão bem quanto Prue imagina, o clima continua inóspito na floresta e uma conspiração está sendo tramada. Queria ler o livro de Colin Meloy já havia algum tempo, só que acabei lendo o segundo volume das Crônicas de Wildwood;  Não é indispensável a leitura seguida da série, mas é recomendada.

Resenha - Falando o Mais Rápido Que Posso

Título: Falando o Mais Rápido que Posso
Livro Único;
Autora: Lauren Graham
Editora: Record
Páginas: 240
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino

Fácil de ler e engraçado.

Sinopse: A estrela Lauren Graham dá um presente aos fãs. Em "Falando o mais rápido que posso", a intérprete da eloquente e amada Lorelai Gilmore faz uma retrospectiva da sua vida e compartilha histórias engraçadíssimas sobre amadurecimento, o início de sua carreira de atriz e, anos depois, como é sentar em seu trailer no set de Parenthood e se perguntar "Será que eu, hmmm, cheguei lá?". Ela também fala abertamente sobre os desafios e as cobranças de ser uma mulher solteira em Hollywood e conta histórias divertidíssimas, como, por exemplo, a vez em que pediram a ela que fizesse um teste para um papel com a própria bunda. Finalmente, Lauren encara uma épica maratona de Gilmore Girls e relembra como foi gravar cada ano da série original e o que significou para ela voltar a interpretar, nove anos depois, uma de suas personagens preferidas.

O Livro: O mais importante para gostar desse livro é saber o que esperar dele. Falando o Mais Rápido Que Posso é um tipo de biografia que Lauren escreveu recentemente sobre o início de sua carreira, seus relacionamentos e, principalmente, os anos interpretando Lorelai Gilmore. É rápido, engraçado, nostálgico e tudo o que você poderia esperar da atriz que interpreta a famosa Lorelai. Lauren foca bastante em seu papel em Gilmore Girls, fazendo referências à série até mesmo nos capítulos que não falam especificamente sobre isso.
Eu adorei saber um pouco mais sobre a vida da atriz, seu relacionamento com outras pessoas do elenco da série e, claro, como foi interpretar alguém tão diferente. Cada capítulo do livro tem um foco e todos são honestos e muito interessantes.
Por fim, o livro é perfeito para aquelas pessoas que não tem tanto tempo para ler. Os capítulos são curtinhos, no máximo 20 páginas cada (com exceção do último, que tem 50), então você pode facilmente ler um capítulo por vez.

Retrospectiva Literária 2016 - Ná

Olá pessoal!! Minha vez de falar sobre as leituras do último ano, que não foram muitas, mas felizmente curti a maioria e vou mostrá-las a vocês nessa retrospectiva. Me contem nos comentários de já leram ou pretendem ler algum dos livros :)





Melhor continuação
O Cisne e o Chacal
Sou fãzinha mesmo da série Na Companhia de Assassinos e esse livro, que é o terceiro, simplesmente encheu meu coração para depois quebrá-lo sem piedade, mas ainda assim mantive meu amor. Ainda estou sentindo o gostinho de quero mais.





Mais fofo
HQ fofíssima dessa turma que fez e ainda faz parte da vida de muitas pessoas que como eu cresceram lendo seus gibis. Nessa trama, uma releitura ilustrada e escrita pelos irmãos Cafaggi, a busca pelo cachorro perdido do Cebolinha traz o mesmo encanto já conhecido dos personagens de Maurício de Souza.








Melhor de um autor favorito
A Carina tem conseguido manter a fórmula para escrever bons chick-lits e não falhou nessa trama. Dos dois livros que li dela em 2016, esse foi o que mais me agradou e mais me envolveu com os protagonistas.







Melhor drama
Drama bem dramático, com direito a adaptação para o cinema com atores queridos em Hollywood. O livro conseguiu me deixar imersa na trama e estou curiosa para ver se o filme também conseguirá.







Maior decepção
As Épicas Aventuras de Lydia Bennet
Como nem tudo são flores, também me decepcionei com um livro do qual eu esperava bem mais, sendo continuação de outro que eu havia gostado e tendo uma protagonista tão carismática.





Melhor nacional
Como amo nacionais, não poderia deixar de escolher um dos lidos desse ano como destaque, e o que mais se destacou foi essa história linda, envolvente e surpreendente de Samanta Holtz.






Melhor primeira vez
À Procura de Audrey
Finalmente li Sophie Kinsella e foi uma experiência maravilhosa. Quero conhecer os chick-lits pelos quais ela é tão famosa e tenho certeza que ao menos a escrita vai me agradar, pois o estilo dela se provou cativante.






Melhor policial
Bem melhor que o primeiro livro, Brutal, Sombrio se desenrola deixando o leitor ligado nas ações do psicopata e suas vítimas e nas investigações do detetive Sean Corrigan do início ao fim.






Mais viciante
Novamente Você
Romance super gostosinho que eu não consegui largar, de verdade, e fiquei muito feliz em devorar de uma vez só. Quero mais leituras dessas em 2017, por favor.





Mais tocante
Que livro gente, que livro. Personagens maravilhosos, história linda, escrita intensa, mas delicada... alcançou todas expectativas que tinha para ele. Entrou para meus favoritos da vida e pra minha lista de recomendações com certeza.


Resenha - A Fúria e a Aurora

Título: A Fúria e a Aurora
Título Original: The Wrath and the Dawn
Autora: Renée Ahdieh
Editora: Globo Alt
Páginas: 336
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon 

O primeiro e, sem sombra de dúvidas, já um dos melhores do ano.

Sinopse: Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado. 
Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga. 
Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.

A Trama: Sherazade chega ao palácio de Khorasan determinada a vingar a morte de sua melhor amiga, Shiva. Porém, conforme se aproxima do califa na tentativa de descobrir sua maior fraqueza, ela vai descobrindo o homem extraordinário que se esconde por trás do monstro. 
E é aí que um livro que poderia ser apenas bom se tornou maravilhoso. A forma com que Sherazade lida com esse sentimento tão inesperado (e indesejado), com que Khalid encara essa praga que veio destruir sua vida e, principalmente, com que o romance entre os dois vai sendo construído é... Mágico. É lindo. Se eu fosse vocês nem terminava de ler a resenha antes de me jogar nesse mundo reluzente que Renée Ahdieh criou. 

Resenha - Lúcida

Título: Lúcida
Título Original: Lucid
Livro Único
Autores: Adrienne Stoltz, Ron Bass
Editora: Galera Record
Páginas: 364
Ano: 2016
Saiba Mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Extra

Muito original.

Sinopse: Sloane é uma aluna nota 10, com uma grande e amorosa família. Maggie vive uma existência glamorosa e independente, como aspirante a atriz em Nova York. As duas não poderiam ser mais diferentes. A não ser por um pequeno detalhe, algo que não têm coragem de revelar a ninguém. À noite, cada uma sonha que é a outra. Os sonhos são tão vívidos que as garotas sentem e experimentam o que a outra está passando naquele momento. Seriam as duas reais? Uma delas estaria mentalmente instável e imaginando a outra? Seriam ambas a mesma pessoa? Qual delas é real?

A Trama: Eu adorei a premissa do livro. Sloane e Maggie (que na verdade também se chama Sloane) são duas garotas que sonham com a vida uma da outra enquanto dormem. Ambas tem noção do que acontece e já tentaram se encontrar na vida real - porém uma não existe no mundo da outra, somente nos sonhos.
No início demorei um pouquinho para me acostumar com a ideia, porém logo fui me envolvendo com as vidas das duas protagonistas e torcia para que tudo desse certo com suas famílias e seus envolvimentos amorosos.
Infelizmente não fui uma grande fã do final, pareceu apressado e repentino demais, sem falar que parecia fazer uma "grande revelação" que era bem óbvia, mas ainda aproveitei bastante a trama.

As Protagonistas: Após ler alguns capítulos, fica impossível confundir a confiante e independente Maggie com a boa menina que é Sloane. Gostei de cada uma de uma maneira diferente, Maggie foi uma protagonista forte que batalhava pelo sucesso e gostei da maneira como ela não media esforços para conseguir o que desejava. Sloane, por outro lado, era mais reservada e ingênua, porém ela tinha aquela fofura de quem acredita em sonhos e, ao mesmo tempo, era muito centrada e concentrada em seu futuro. O mais importante é que, apesar de não conversarem, elas eram as melhores amigas uma da outra, por conhecerem todos os seus segredos e pensamentos mais íntimos.

Os Personagens Secundários: Gostei muito das famílias das protagonistas. Apesar de a família de Maggie não ser muito próxima, sua irmã mais nova era uma garota doce e fofa que trouxe um pouco de felicidade à vida da irmã. Sloane, por outro lado, tinha uma família grande e amorosa, que se preocupava com ela o tempo todo, apesar de ela não fazer muito esforço para incluí-los em sua vida.

Capa, Diagramação e Escrita: Se eu fosse comparar, achei a capa americana muito mais bonita, toda em roxo. Porém, essa capa também é interessante, de uma maneira mais misteriosa.
Gostei bastante da escrita dos autores, que realmente conseguiram dar vozes diferentes às duas personagens, só achei que poderiam ter desenvolvido melhor a história.

Concluindo: Apesar de ter seus defeitos, é um livro original e interessante que conseguiu me prender. Gostei muito dos personagens e já sinto falta das duas meninas.

Retrospectiva Literária 2016 - Luh

Olá! Chegou a minha vez de contar a vocês sobre as melhores leituras do ano de 2016. Vou confessar que esse ano foi fácil escolher os melhores livros porque apesar de ter lido quase 80 livros, os que eu citei abaixo se destacaram muito. Então vamos lá, escolhi 10 livros para vocês conferirem e, quem sabe, colocarem no topo da pilha!



O Mais Bonito:
Sabe quando você ama a capa de um livro e torce para que o conteúdo seja tão bom quanto o trabalho gráfico? Foi o que aconteceu com A Maldição do Vencedor. Gente do céu, o livro inteiro é lindo, a capa, a fonte e até a diagramação interna. E o melhor, para combinar, a trama é daquelas que te prende do início ao fim, com muito suspense e reviravoltas. É imperdível.



Superou as Expectativas:
Eu já sabia que eu ia amar Uma Chama Entre as Cinzas, mas não sabia que iria amar tanto. Um livro que merece estar entre os melhores do ano, de tirar o fôlego. Tem uma daquelas tramas em que você sabe que vai dar tudo errado, mas torce mesmo assim pra nada de muito sério acontecer e fica sofrendo enquanto aguarda o inevitável. É um ótimo livro e mal posso esperar pelo próximo!



Série Favorita:
Sei que já mencionei muito essa série aqui, mas li toda a trilogia do Clã das Freiras Assassinas esse ano e entrou para as minhas 5 séries favoritas de todos os tempos, então realmente gostei MUITO. Se você não conhece os livros, confira as resenhas aqui, aqui e aqui, e se esqueça de dar uma chance.


Resenha - Febre Vermelha

Título: Febre Vermelha
Série: Febre Vermelha
Autor: Francis Graciotto
Editora: Máquina de Escrever
Páginas: 288
Ano: 2016
Saiba mais: Skoob
Comprar: 
Americanas // Submarino

Tá rolando o apocalipse zumbi no Brasil. Fujam para as colinas!

Sinopse: 
Um navio desgovernado encalha nas pedras em Praia Grande, com sua tripulação brutalmente assassinada em alto mar. Em pleno verão na Baixada Santista, a manchete nos jornais é vista com indiferença pela população, que está mais preocupada em curtir o feriado de ano novo. Em poucos dias, uma epidemia misteriosa se espalha pelo litoral, deixando seus infectados com uma febre ensandecedora, olhos vermelhos e fome insaciável. Ocorrências de extrema violência e canibalismo tornam-se cada vez mais comuns, e as autoridades não são capazes de lidar com o caos que domina as ruas e ameaça contagiar todo o país. Com cenários reais em Santos, São Paulo e região, acompanhe a perigosa jornada de um grupo de sobreviventes, cada um com motivações e problemas pessoais, dispostos a fazer o que for preciso para sobreviver à Febre Vermelha.

A Trama: Febre Vermelha é sobre uma epidemia tomando conta de São Paulo, transformando as pessoas em canibais psicóticos (ou seja, está começando o apocalipse zumbi). O livro conta o início da infecção e qual foi a primeira reação das pessoas à essa situação. Conhecemos vários personagens aleatoriamente, que logo mais se juntarão em um grupo para tentarem uma chance de sobreviver. Apesar do diferencial do livro se passar no Brasil, achei a história bastante clichê, até mesmo genérica. Os zumbis daqui me lembraram bastante dos infectados do filme Extermínio. Eles são rápidos, meio racionais de uma forma animalesca, e seus olhos ficam vermelhos quando estão em um nível avançado da infecção. No início eles até conseguem falar algumas palavras. Os últimos capítulos são bons, eu gostei da cena de ação que acontece e do "sacrifício" que um dos personagens centrais faz.

Resenha - Que Falta Você Me Faz


Título: Que Falta Você Me Faz
Título Original: Missing You
Livro Único.
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Páginas: 368
Ano: 2015
Saiba mais: Skoob
Comprar: Saraiva // Submarino // Amazon

Sinopse: Dezoito anos se passaram desde que a detetive Kat Donovan sofreu as maiores perdas de sua vida: a morte do pai e o fim do relacionamento com o noivo. Foram dois acontecimentos muito bruscos que ela ainda não conseguiu superar totalmente, mas, no dia a dia, prefere não pensar muito nisso.
Contudo, de uma só vez, essas duas feridas voltam a se abrir. Ao saber que o assassino de seu pai será executado, Kat resolve ter uma conversa com ele para esclarecer o caso. Mas o homem nega a autoria, dizendo que foi obrigado a confessar o crime, e ela acaba ficando com mais dúvidas.
Ao mesmo tempo, a detetive é procurada por um garoto que acredita que a mãe está desaparecida. Sem entender por que o adolescente insiste que ela, e não um outro policial, investigue o caso, Kat descobre que o sumiço está relacionado a seu ex-noivo e a um site de relacionamentos.
Lidando com dois casos simultâneos, ela decide seguir em frente com as investigações, mesmo que todos ao seu redor tentem dissuadi-la disso. Determinada, Kat trabalha segundo suas emoções, e a intuição lhe diz que ela não deve desistir.
Neste livro, mais uma vez Harlan Coben trata de perigos e riscos que podem estar mais próximos da nossa realidade do que se imagina. O resultado é um romance instigante que traça um cenário verossímil e impactante, fazendo um alerta para ameaças atuais que rondam nosso mundo virtual.

A Trama: Uma detetive profissional, uma filha à procura da verdade sobre a morte de seu pai, uma noiva abandonada sem explicações... essa é Kat Donovan, a protagonista do livro que conduz duas importantes investigações ligadas diretamente a sua própria vida e sentimentos.
Kat decide visitar no presídio o homem que confessou ter assassinado seu pai, pois não acredita em sua confissão e quer tirar a verdade dele. O preso abre o caminho para que ela cave novamente as provas do crime e as pessoas do círculo social de seu pai na época de sua morte.  Ao mesmo tempo, Brandon Phelps à procura diretamente para investigar o sumiço de sua mãe, que está supostamente viajando com o novo namorado que conheceu pela internet, mas o filho desconfia de sua forma suas atitudes estranhas. Kat poderia ignorar a desconfiança de Brandon se não fosse seu ex-noivo o namorado de Dana Phelps e se ela mesma não o tivesse reencontrado pouco antes num site de relacionamento.