Resenha - Sereia

Título: Sereia
Título Original: Siren
Série: Sereia
1- Sereia
2- Encanto
3- Profundezas
Autor: Tricia Rayburn
Editora: Verus
Páginas: 306
Ano: 2011
Saiba Mais: Skoob / Goodreads
Comprar: Amazon 

Sinopse: Vanessa Sands, de 17 anos, tem medo de tudo - do escuro, de altura, do mar -, mas sua destemida irmã mais velha, Justine, está sempre por perto para guiá-la a cada desafio. Até que Justine vai mergulhar num precipício uma noite, perto da casa de veraneio da família de Winter Harbor, e seu corpo sem vida aparece na praia no dia seguinte.
Os pais de Vanessa tentam superar a tragédia retornando à vida cotidiana em Boston, mas ela sente que a morte da irmã não foi acidental. Depois de descobrir que Justine estava escondendo diversos segredos, Vanessa volta para Winter Harbor, esperando que Caleb, o namorado de sua irmã, possa esclarecer algumas coisas, mas o garoto está desaparecido.
Logo, não é apenas Vanessa que está com medo. Winter Harbor inteira fica em alvoroço quando outro corpo aparece na praia, e o pânico se instala à medida que a pequena cidade se torna palco de uma série de acidentes fatais relacionados com a água, em que as vítimas são encontradas sorrindo horrivelmente de orelha a orelha.
Vanessa e Simon, irmão mais velho de Caleb, unem forças para investigar os estranhos acontecimentos e, no caminho, a amizade de infância se transforma em algo mais. Conforme eles vão encontrando ligações entre a morte de Juistine e a súbita erupção de afogamentos assustadores na cidade, Vanessa descobre um segredo que ameaça seu reomance com Simon - e que vai mudar sua vida para sempre.

A Trama: Nas féria de verão, a família de Vanessa vai, como sempre, para a cidadezinha litorânea de Winter Harbor, onde as meninas reencontrarão amigos e passarão momentos divertidos com a família na praia. O que eles não esperavam é que a filha mais velha, Justine, morreria ao pular de um penhasco. Vanessa não entende o motivo da irmã ter feito algo tão horrível, então decide retornar sozinha para a cidade, reencontrar Caleb - namorado de Justine - e questioná-lo sobre o que realmente se passava na cabeça da irmã. Mas agora Caleb está desaparecido, e ao mesmo tempo os corpos de vários homens são encontrados na beira da praia, com apenas uma coisa que liga todos eles: seus rostos paralisados em um eterno sorriso após a morte. Sereia é um tipo de YA que faz tempo que eu não leio - daqueles sobrenaturais bem clichês que saíam muito alguns anos atrás. Num geral, eu gostei do livro, ele me manteve intrigada até o final, apesar do andamento da história ser muito lento e certas partes terem me dado preguicinha do que estava acontecendo e dos personagens. Achei interessante a mitologia de sereias que a autora inseriu aqui, mas ela não explorou muito, o que é parte do livro ter me dado preguiça, já que, apesar de todo o mistério envolvendo os corpos aparecendo na praia e tal, o que eu estava esperando mesmo do livro - as benditas sereias! - não foram tão exploradas. Com o final, provavelmente essa parte vai ser melhor desenvolvida no próximo livro, mas ainda estou pensando se vou dar continuidade ou não na trilogia.

Os PersonagensAchei Vanessa uma boa protagonista, apesar de algumas coisas estúpidas que ela faz. Ela não tem muitos mimimis e estava realmente disposta a descobrir os segredos de sua irmã e ajudar Simon a encontrar Caleb. Uma das coisas que mais me incomodou, mas que é bastante comum em livros dessa tipo, é que não importava a situação, toda vez que Simon chegava perto dela, ela ficava toda tonta e daquele jeito que conhecemos bem desse tipo de história. Falando em Simon, ele foi um personagem típico e um pouco clichê, mas pelo menos não era um babaca como em muitas histórias. Sua paixão por meteorologia poderia ter sido mais útil na história, mas também não é nada que atrapalhe. Conhecemos também outras personagens, como Paige e Zara, duas irmãs que Vanessa conhece em uma lanchonete e acabam se tornando importantes pra história também.

Capa, Diagramação e Escrita: A capa é um pouco genérica, mas conseguiram torná-la "única" com a coloração que escolheram e também colocando um detalhe prateado nos olhos da modelo (pelo menos na edição física), remetendo aos olhos prateados das sereias da história. A escrita da autora é simples e até genérica, pelo menos no livro traduzido, sem passar algo único. Mas é fluida e te mantém interessado na história até o final.

Concluindo
Como já disse antes, ainda não sei se vou continuar a ler a trilogia. O final teve um fechamento, mas deixando possibilidades para explorar mais. Contudo, esse primeiro volume já seria o suficiente, com começo, meio e fim. Se você gosta desse tipo de livro - YA sobrenatural, meio clichezão -, vale a pena dar uma conferida. É uma trilogia mais antiga, todos os livros já foram lançados e os dois primeiros volumes estão disponíveis no Kindle Unlimited.