Resenha - Um Sonho de Princesa

Título: Um Sonho de Princesa
Série: Um Sonho de Princesa
1- Um Sonho de Princesa
2- Quase Uma Duquesa
Autor: Juliana Dantas
Editora: Independente
Páginas: 200
Ano: 2019
Saiba Mais: Skoob / Goodreads
Comprar: Amazon 

Sinopse: Até onde você iria por um sonho de princesa?
Inglaterra, novembro de 2017
Sophia é uma jovem inglesa do interior que decide colocar seus sonhos na mochila e embarcar para Londres com uma missão: Fazer o príncipe Harry se apaixonar por ela e largar a tal atriz americana que quer roubar seus sonhos, afinal, Sophia tinha certeza, desde criança, que ela e Harry foram feitos um para o outro!
Sem grana, mas com muitos planos na cabeça e sabendo que o tempo está correndo contra ela, Sophia encontra em seu caminho o fotógrafo Henry Cavendish, que apesar de achá-la maluca, decide dar-lhe um teto e um emprego, sem saber que estará se enroscando cada vez mais nos planos mirabolantes de Sophia para entrar na família real.
Divertido, romântico e sexy “Um sonho de princesa” é o mais novo chick lit da autora de Uma noiva de natal e Um noivado nada discreto, que traz de volta uma protagonista adoravelmente insana e um mocinho maravilhoso tentando resistir a toda essa loucura.

A TramaEu estava atrás de um livro de romance meio chick-lit para ler, e Um Sonho de Princesa chamou minha atenção pela capa e pela sinopse bem inusitada: Sophia, uma menina do campo, sonhava desde criança em se casar com o Príncipe Harry e entrar para a realeza. Anos depois, quando termina um namoro horrível com Jack, ela decide finalmente seguir esse sonho, indo para Londres e fazendo de tudo para entrar em contato com a família real. No meio do caminho ela conhece Henry, um fotógrafo gato que pode virar seus planos de cabeça para baixo. A leitura teve seus altos e baixos e, apesar se ter lido bem rápido, foi um pouco difícil me envolver realmente com os personagens. Depois de metade do livro, eu já estava mais acostumada com eles e até torcendo por eles, e gostei bastante do final. É típico desse tipo de história, mas é o que eu estava procurando quando decidi ler um chick-lit - afinal, o que seria de uma comédia romântica sem um final feliz?

Os PersonagensSophia é uma garota obstinada a ir atrás do seu "sonho impossível", e me irritei com ela algumas vezes, mas sua personalidade combina com o tipo de história. Ela consegue ser adorável, engraçada e muito charmosa e, apesar de ser o plot do livro, me pareceu um pouco irreal essa sua obsessão pelo Príncipe Harry (ao ponto de tentar invadir os palácios para conhecê-lo e fazer de tudo para provar que ela que deveria se casar com ele). Ela é bem imatura, mas a função do livro também foi fazê-la crescer e se encontrar. Henry foi um personagem que não me ganhou tanto assim, principalmente por no início parecer que tudo estava acontecendo fácil de mais para Sophia. Ele é o típico personagem de chick-lits, meio misterioso e muito lindo, mas gostei que ele não era um babaca e consegui até gostar dele da metade pro final - mas ainda me incomodava muito quando ele fazia uma brincadeira boba com Miguel, um imigrante ilegal que trabalhava pra ele.

Capa, Diagramação e Escrita: A primeira coisa que chamou minha atenção foi a capa. Não gosto muito de capas com rostos, mas o trabalho feito nessa, apesar de simples, conseguiu deixar ela bem bonitinha. A diagramação é simples, ainda mais por ser um e-book. A escrita da autora foi minha parte favorita: é leve, divertida, super fluida e dá vontade de continuar lendo sem parar. Apesar da construção da história não ser das mais originais, ela faz o que promete entregando uma história leve e que pode fazer muitos leitores suspirarem. Mesmo sendo um chick-lit, tem algumas cenas de sexo explícito, mas felizmente não é daquelas de revirar os olhos, então mais um ponto positivo. Fiquei com vontade de ler mais coisas dela.

Concluindo
Não foi um livro incrível, mas fiquei com vontade de ler a continuação prometida pela autora e continuar acompanhando as loucuras de Sophia. Se você gosta de chick-lit e romance, vale a pena dar uma conferida, o livro é super rápido e um bom passa-tempo.