Resenha - Os Sete Maridos de Evelyn Hugo


Título: Os Sete Maridos de Evelyn Hugo


Título Original: The Seven Husbands of Evelyn Hugo
Autora: Taylor Jenkins Reid
Editora: Paralela
Páginas: 360
Ano: 2019
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Saraiva

Ainda é cedo para eleger a melhor leitura do ano?

Sinopse: Com todo o esplendor que só a Hollywood do século passado pode oferecer, esta é uma narrativa inesquecível sobre os sacrifícios que fazemos por amor, o perigo dos segredos e o preço da fama.
Lendária estrela de Hollywood, Evelyn Hugo sempre esteve sob os holofotes ― seja estrelando uma produção vencedora do Oscar, protagonizando algum escândalo ou aparecendo com um novo marido… pela sétima vez.
Agora, prestes a completar oitenta anos e reclusa em seu apartamento no Upper East Side, a famigerada atriz decide contar a própria história ― ou sua “verdadeira história” ―, mas com uma condição: que Monique Grant, jornalista iniciante e até então desconhecida, seja a entrevistadora.
Ao embarcar nessa misteriosa empreitada, a jovem repórter começa a se dar conta de que nada é por acaso ― e que suas trajetórias podem estar profunda e irreversivelmente conectadas.

A Trama: Caí nesse livro de paraquedas - sem conhecer muito sobre a história e simplesmente confiando em mais uma indicação da senhorita Boo. E é assim que eu queria que vocês se entregassem a essas páginas.
Falar sobre a trama em si, aqui, não iria estragar a história que esse livro incrível carrega - porque isso é impossível -, mas com certeza diminuiria um pouco da intensidade com a qual ele irá te surpreender.
E ele irá te surpreender, profundamente. E te conquistar perdidamente. E despertar em você todos os sentimentos possíveis e imagináveis. E ganhar o seu coração por completo. Então, por favor, simplesmente confiem em mim - ou na Boo -, e leiam. Porque cada uma dessas 360 páginas vale a pena. Vale imensamente a pena.

Os Personagens: Evelyn Hugo é fantástica! É uma personagem absurdamente real, complexa e fascinante - pela qual você vai se apaixonar, mas da qual também vai sentir raiva em alguns momentos. E tudo bem, porque isso só a torna ainda mais humana. 
Além de Evelyn, outros personagens me conquistaram ao longo da trama - e lógico que alguns outros também ganharam a minha antipatia total. Porém, eu não vou falar sobre isso para vocês, porque, mais uma vez, a surpresa tornará essa leitura ainda mais extraordinária. 

Capa, Diagramação e EscritaA escrita da autora é envolvente de uma forma completamente única. Durante a leitura, eu só conseguia pensar em Evelyn e no quanto queria conhecer por completo sua história - e, ao terminar a última página, foi bem difícil acreditar que essa mulher icônica não existiu de verdade.
Sobre a capa, confesso que ela não me agradou muito logo que foi divulgada - mas, quando a vi pessoalmente, percebi que a imagem digital é bastante cruel com ela. Fisicamente ela é muito melhor, e combina bastante com a personalidade da protagonista.  

Concluindo: Vamos lá... quando terminei esse livro eu tirei uma foto da capa e encaminhei para absolutamente todas as pessoas que algum dia já me pediram indicação de leitura. Esse é o nível do quanto ele me cativou e me impactou. Também já dei um exemplar de presente para algumas pessoas - porque se não aceitarem minha indicação, eu vou mesmo obrigar a ler. E também pedi autorização para a Paralela (linda e maravilhosa) para fazermos uma promoção - porque é claro que não esqueceria de vocês
Com certeza foi a minha melhor leitura do ano, e arriscaria seriamente dizer que talvez tenha sido a melhor dos últimos anos
Sério gente, por favor, levem a sério minha indicação. O mundo simplesmente precisa conhecer a história de Evelyn Hugo - esse livro merece muito ser lido.

Sobre a promoção: Muito em breve a promoção desse livro mágico e maravilhoso será postada no nosso instagram, então aproveitem e já nos sigam por lá para não perder essa chance! 

Quotes: 

Não ignore metade do que sou para colocar um rótulo em mim, Monique. Não faça isso.

Você é romântica e idealista, e tem uma alma muito pura. E eu gostaria que o mundo fosse como você vê. Gostaria que o resto das pessoas com quem dividimos o planeta correspondesse às suas expectativas. Mas elas não estão à altura. O mundo é cruel, e ninguém está disposto a estender a mão a ninguém.