O Livro é Melhor? - Adoráveis Mulheres (Mulherzinhas)

 


Título: Adoráveis Mulheres
Original: Little Women
Livro: Mulherzinhas - Louisa May Alcott
Ano: 2019
Sinopse (do filme): As irmãs Jo (Saoirse Ronan), Beth (Eliza Scanlen), Meg (Emma Watson) e Amy (Florence Pugh) amadurecem na virada da adolescência para a vida adulta enquanto os Estados Unidos atravessam a Guerra Civil. Com personalidades completamente diferentes, elas enfrentam os desafios de crescer unidas pelo amor que nutrem umas pelas outras. Baseado no romance "Mulherzinhas", de Louisa May Alcott.

Adoráveis Mulheres é um filme que eu queria muito assistir, mas precisava ler o livro antes. Esse ano eu finalmente consegui ler a obra original, e agora estou aqui para falar minhas impressões sobre essa adaptação mais recente.

A história conta a jornada de amadurecimento das quatro irmãs March: Meg, Jo, Amy e Beth, além do grande amigo delas, Laurie. A adaptação de 2019 já dá seu ponta pé inicial já se diferenciando um pouco do livro, porque a primeira cena é algo que vemos apenas depois de metade da leitura da obra literária. E o filme transcorre dessa forma, intercalando acontecimentos do passado com o momento atual das personagens. Num primeiro momento eu fiquei um pouco incomodada com essa mudança, mas ao longo do filme essa visão abordada pela diretora faz mais sentido com a forma que a história é contada no longa
Apesar disso, há uma quebra de expectativa desde o começo, achei que foi entregue de mais das surpresas da história logo no início. De certa forma, ainda assim fiquei presa no filme e foi uma experiência de aquecer o coração, as personagens foram representadas de forma bem fiel ao que são descritas no livro e a adaptação em si foi fiel no que foi incluso. Porém, senti durante todo o filme que muito foi picotado da história, o que eu até entendo, já que é um livro de mais de 600 páginas - dependendo da edição -, mas isso fez com que eu sentisse que os personagens não se desenvolveram realmente do início ao fim. Dá pra ver que eles estão mais maduros nas cenas atuais, mas achei que tudo foi feito de forma muito abrupta. 

Não sou crítica de cinema, tampouco sei falar com propriedade sobre aspectos técnicos da produção, mas num geral achei a fotografia muito bonita, separando o passado e o presente utilizando de cores quentes e frias, respectivamente, ajudando o espectador a se situar na linha temporal da história (além de representar e dividir os momentos mais alegres da juventude, do momento melancólico que está ocorrendo agora na maturidade). 

O LIVRO É MELHOR?

Na minha opinião, sim, o livro é melhor, porque fez com que eu me envolvesse completamente com as irmãs March, da infância à vida adulta, com seus altos e baixos, acertos e erros. Como falei antes, isso se deve a ser um livro longo e podermos acompanhar as personagens por muito tempo. Mas o filme tem mais de duas horas e não senti que em todo esse tempo conseguimos ter pelo menos um pouquinho do gosto de realmente ver essas meninas crescerem. Não me entendam mal, eu gostei bastante do filme (numa escala de 1 a 5 estrelas, eu dei 4), mas analisando como adaptação, prefiro a obra original. Mesmo sendo uma leitura lenta, se você gosta de acompanhar o crescimento e amadurecimento de personagens ao longo dos anos, recomendo que leia o livro e depois dê uma conferida no filme.