Resenha - Six of Crows

Título: Six of Crows - Sangue e Mentiras

Título Original: Six of crows
Série: Six of Crows
1- Six of Crows (2015)
2- Crooked Kingdom (2016)
3- Sem título
Autor: Leigh Bardugo
Editora: Gutenberg
Páginas: 376
Ano: 2015 (Edição: 2016)
Saiba Mais: Skoob / Goodreads
Comprar:
 Amazon

Sinopse: Ketterdam, capital de Kerch, um lugar agitado onde tudo pode ser conseguido pelo preço certo. Nas ruas e nos becos que fervilham de traições, mercadorias ilegais e assuntos escusos entre gangues, ninguém é melhor negociador que Kaz Brekker, a trapaça em pessoa e o dono do Clube do Corvo. Por isso, Kaz é contratado para liderar um assalto improvável e evitar que uma terrível droga caia em mãos erradas, o que poderia instaurar um caos devastador. Apenas dois desfechos são possíveis para esse roubo: uma morte dolorosa ou uma fortuna muito maior que todos os seus sonhos de riqueza. Apostando a própria vida, o dono do Clube do Corvo monta a sua equipe de elite para a missão: a espiã conhecida como Espectro; um fugitivo perito em explosivos e com um misterioso passado de privilégios; um atirador viciado em jogos de azar; uma grisha sangradora que está muito longe de casa; e um prisioneiro que quer se vingar do amor de sua vida. O destino do mundo está nas mãos de seis foras da lei – isso se eles sobreviverem uns aos outros.

TramaCom a história se passando dois anos depois do final da Trilogia Sombra e Ossos, Six of Crows nos fará acompanhar seis personagens bem distintos em uma aventura por dinheiro, cada um com suas motivações e utilizando de suas habilidades para conseguir o que querem. Eu consegui notar desde o começo o quanto a autora se aprimorou para conseguir contar a história com uma trama e personagens mais complexos do que na trilogia original. Esse é um livro que dá pra ser lido sem ter lido a Trilogia Sombra e Ossos, mas tendo lido ela primeiro você tem muito mais contexto do mundo, do sistema de magia e dos povos, porque isso não é muito explicado aqui. Eu fiquei muito envolvida com a história, mas achei que certas coisas foram conseguidas de uma forma muito fácil. Claro que tinha vários desafios e complicações no caminho, mas senti que a autora facilitou um pouco em certos momentos.

Resenha - Por Trás de Seus Olhos

Título: Por Trás de Seus Olhos

Título Original: Behind Her Eyes
Livro Único.
Autor: Sarah Pinborough
Editora: Intrínseca
Páginas: 345
Ano: 2017
Saiba Mais: Skoob / Goodreads
Comprar:
 Amazon

Sinopse: Louise é mãe solteira, trabalha como secretária e está presa à rotina da vida moderna: ir para o escritório, cuidar da casa, do filho e tentar descansar no tempo livre. Em uma rara saída à noite, ela conhece um homem no bar e se deixa envolver. Embora ele se vá logo depois de um beijo, Louise fica muito animada por ter encontrado alguém.
Ela só não esperava que seu novo e casadíssimo chefe seria o homem do bar. Apesar de ele fazer questão de logo esclarecer que o beijo foi um equívoco, em pouco tempo os dois passam a ter um caso. Em uma terrível sequência de erros, Louise acaba ficando amiga da esposa do amante. E, se você acha que sabe para onde esta história vai, pense de novo, porque Por trás de seus olhos não se parece com nenhum livro que já tenha passado por suas mãos. À medida que é arrastada para a história do casal, Louise acaba com mais perguntas que respostas e a única coisa certa é que algo naquele casamento está muito, muito errado.

TramaAcredito que a sinopse contenha o suficiente de resumo da história sem dar spoilers, então não vou detalhar muito além dela, só minhas impressões durante a leitura. No começo, é difícil saber pra onde esse livro vai, e isso foi me deixando cada vez mais curiosa. Algumas coisas começam a acontecer em certo ponto e eu já estava imaginando onde aquilo tudo ia dar. Chegando no finalzinho do livro, tem dois plot twists um atrás do outro. O primeiro é isso que eu mencionei que estava imaginando, então não me pegou de surpresa, a história foi bem na direção que eu pensei que iria. Mas o segundo plot twist... O SEGUNDO!! Pode ser que estava na cara, mas eu não estava esperando por aquilo.

Resenha - Ruína e Ascensão

Título: Ruína e Ascensão

Título Original: Ruin and Rising
Série: Sombra e Ossos
1- Sombra e Ossos (2012)
2- Sol e Tormenta (2013)
3- Ruína e Ascensão (2014)
Autor: Leigh Bardugo
Editora: Planeta
Páginas: 336
Ano: 2014 (Edição: 2021)
Saiba Mais: Skoob / Goodreads
Comprar:
 Amazon

Sinopse: Terceiro volume da trilogia Sombra e ossos, que inspirou a série da Netflix
"Não estou arruinada. Eu sou a ruína."
Após o seu embate com o Darkling, Alina Starkov se vê encurralada no subsolo, tentando recuperar as forças para salvar Ravka das garras de seu oponente. Sob a proteção e a vigilância do Apparat, Alina atinge outro status – agora não é somente a Conjuradora do Sol, mas sim uma Santa que carrega em seus ombros a esperança de fiéis que rezam por um futuro mais brilhante. No entanto, invocar a luz nunca foi tão difícil.
Com o futuro do país em suas mãos, Alina partirá em busca do terceiro amplificador de Morozova, o mitológico pássaro de fogo, com o objetivo de derrotar o Darkling e libertar Ravka de uma vez por todas.
Eletrizante do começo ao fim, Ruína e Ascensão é a conclusão impecável da aclamada trilogia Sombra e Ossos, que inspirou a megaprodução da Netflix.

TramaO livro começou meio morno pra mim, mas a história foi crescendo mais conforme passavam os capítulos. Existe muita coisa em jogo nesse terceiro e último volume da trilogia, e acho que a autora conseguiu inserir boas cenas cheias de impacto e de ação. Porém, para mim, a história continua com um problema de ritmo. Achei interessantes algumas decisões da autora, apesar de faltar desenvolvimento em alguns aspectos (como achei nos outros dois livros) e uma explicação melhor para algumas coisas. Me pareceu que ela teve medo de seguir em frente com algumas coisas e escolheu a saída mais fácil.

Resenha - Depois

Título: Depois
Título Original: Later
Livro Único.
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Páginas: 192
Ano: 2021
Saiba Mais: Skoob / Goodreads
Comprar:
Amazon

Sinopse: Um livro que demonstra todo o talento de Stephen King, Depois é assustador e emocionante, e fala dos desafios de crescer e aprender a distinguir o certo do errado. Uma história poderosa, perturbadora e inesquecível sobre o preço de encarar o mal, não importa sob qual forma ele se esconda. James Conklin não é uma criança comum: ele vê gente morta. Com que frequência? Jamie não sabe bem; afinal, os mortos em geral se parecem muito com os vivos. Exceto pelo fato de que eles ficam para sempre nas roupas em que morreram, e são incapazes de mentir. Sua mãe implora para que ele mantenha essa habilidade em segredo, o que não é problema na maior parte do tempo. Pelo menos até Liz Dutton, a companheira de sua mãe e detetive do Departamento de Polícia de Nova York, aparecer na saída da escola e anunciar que precisa de ajuda. É assim que Jamie embarca em uma corrida para desvendar o último segredo de um falecido terrorista, e começa a jornada mais assustadora de sua vida.

TramaA sinopse faz um bom trabalho em explicar o plot do livro e, por ser uma história curta (pros padrões do autor), qualquer coisa que eu diga a mais pode ser spoiler. Num geral, eu achei a trama divertida do início ao fim, com aquele toque meio bizarro já esperado das histórias do King, mas que sempre me mantém envolvida e curiosa até o final. Mesmo o livro já sendo curto, senti que ele se estendeu um pouco de mais envolvendo um "segundo plot" chegando no final, que não foi tão interessante assim (pra mim, pelo menos). Inclusive, acho que a história toda seria mais sinistra e arrepiante se tivesse terminado antes disso tudo (mas ainda envolvendo uma coisinha que o protagonista descobre no fim).