Notícias Literárias - Filme de Tolkien ganha trailer nacional

Quem é grande fã de Senhor dos Anéis aí??? \o/
E como se “só” isso não bastasse, Tolkien ainda tem um belíssimo acervo de sonhos para nós encantar; Não por menos aguardamos ansiosos o lançamento da biografia que promete ser tão fora dos padrões quanto o autor que inspira leitores ávidos do Condado à Mordor!



Resenha - Uma Sombra Ardente e Brilhante

Título: Uma Sombra Ardente e Brilhante
Título Original: A Shadow Bright and Burning
Série: Uma Sombra Ardente e Brilhante
1. Uma Sombra Ardente e Brilhante
Autor: Jessica Cluess
Editora: Galera Record
Páginas: 336
Ano: 2017
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon // Submarino // Saraiva 

Sinopse: 
Henrietta Howel tem o poder de explodir em chamas. Quando é obrigada a expor suas habilidades ela tem certeza de que será executada. Apenas os feiticeiros podem usar magia, e nenhum deles é mulher. Ela se surpreende quando não só é poupada da guilhotina, mas também nomeada a primeira feiticeira em séculos. Ela é a garota profetizada, aquela que derrotará os Ancestrais – seres sanguinários que aterrorizam a humanidade. Henrietta então passa a treinar dia e noite com um grupo de feiticeiros ansiosos para testar as habilidades – e o coração – da garota da profecia. Mas será que Henrietta é mesmo a garota da profecia?

A TramaEm um mundo repleto de deuses punindo os humanos, Henrietta se encontra no meio de duas batalhas: uma para salvar a Inglaterra contra seres mitológicos e outra entre feiticeiros e magos. Acreditando que Henrietta seja a garota da profecia, um grupo de feiticeiros acolhe a menina e a treinam para controlar seus poderes e ser a salvação que todos esperavam. Em dúvida se é mesmo a salvadora do mundo, Henrietta vai enfrentar seus maiores medos e evoluir para ser uma das mulheres mais fortes que conhece.

Tag: Livros Opostos

Oi, gente! Hoje trouxe para vocês uma tag "véia", mas que nunca tinha respondido e deixei ela guardada no limbo até este momento. Ela foi criada pelo Bruno Miranda, quando ele ainda tinha o canal Minha Estante. Sem muitas delongas, vamos logo pra tag!

O primeiro livro da sua coleção / O último livro comprado
 x 
Apesar de não ter sido o primeiro livro que eu li, Harry Potter (todos os sete livros, na verdade) foi o primeiro livro que eu de fato ganhei, e a partir dele que comecei minha biblioteca pessoal. O último livro que comprei foi O Pistoleiro, primeiro volume da série A Torre Negra, do Stephen King; encontrei ele na promoção em uma livraria física, e não resisti em trazer ele para casa, já que pela internet afora ele se encontra bem mais caro do que o valor que eu paguei.

Resenha - A Nuvem

Título: A Nuvem
Título Original: Thunderhead
Série: Scythe
1- O Ceifador
2- A Nuvem
3- The Toll (09\19 USA)

Autor: Neal Shusterman
Editora: Seguinte
Ano: 2018
Páginas: 496
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon

Caraca! Segura a véia, que eu fiquei empolgada!
Não há spoilers ou coisas parecidas com isso, exceto em trama.

Sinopse: No segundo volume da série Scythe, a Ceifa está mais corrompida do que nunca, e cabe a Citra e Rowan descobrir como impedir que os ceifadores que não seguem os mandamentos da instituição acabem com o futuro da humanidade. Em um mundo perfeito em que a humanidade venceu a morte, tudo é regulado pela incorruptível Nimbo Cúmulo, uma evolução da nuvem de dados. Mas a perfeição não se aplica aos ceifadores, os humanos responsáveis por controlar o crescimento populacional. Quem é morto por eles não pode ser revivido, e seus critérios para matar parecem cada vez mais imorais. Até a chegada do ceifador Lúcifer, que promete eliminar todos os que não seguem os mandamentos da Ceifa. E como a Nimbo Cúmulo não pode interferir nas questões dos ceifadores, resta a ela observar. Enquanto isso, Citra e Rowan também estão preocupados com o destino da Ceifa. Um ano depois de terem sido escolhidos como aprendizes, os dois acreditam que podem melhorar a instituição de maneiras diferentes. Citra pretende inspirar jovens ceifadores ao matar com compaixão e piedade, enquanto Rowan assume uma nova identidade e passa a investigar ceifadores corruptos. Mas talvez as mudanças da Ceifa dependam mais da Nimbo Cúmulo do que deles. Será que a nuvem irá quebrar suas regras e intervir, ou apenas verá seu mundo perfeito desmoronar?

Trama:  Citra é agora a honorável ceifadora Anastácia, e se esforça para estabelecer sua posição na ceifa, enquanto tenta por realizar corretamente seu trabalho como ceifadora. As rixas entre a velha e a nova ordem crescem no coração da Ceifa, assim como as atrocidades cometidas em nome dessa última. Depois de receber uma segunda chance, clamando por justiça em seu âmago, Rowan se torna o Ceifador Lúcifer (não é exatamente um spoiler, além de ser meio óbvio, estava escrito na lingueta da contra-capa e eu ainda especifiquei lá em cima), eliminando qualquer ceifador corrupto que ouse quebrar as regras sobre sua vigília. Tendo perspectiva e influência, Citra ganha espaço e atenção, inclusive indesejada, e ela e a Grande Dama da Noite passam a sofrem atentados frequentemente. Eu fiquei esperando a história "pegar fogo", terminei a leitura de Ceifador muito empolgada, e como já peguei A Nuvem para ler em seguida, fiquei com pouco desanimada com o ritmo inicial mais calmo, não que ele tenha sido arrastado, eu que estava em outra "vibe".

Resenha - O Auto da Maga Josefa

Título: O Auto da Maga Josefa
Livro Único.
Autor: Paola Siviero
Editora: Dame Blanche
Páginas: 250
Ano: 2018
Saiba Mais: Skoob
Comprar: Amazon 

Sinopse: Toda lenda tem raízes na realidade e Toninho sabe disso melhor do que ninguém – a seca é apenas uma das muitas maldições que assolam o Agreste. Fantasmas, vampiros e gigantes não assustam esse jovem caçador de demônios, mas ele se surpreende ao conhecer a misteriosa Josefa, que também percorre as estradas áridas do Nordeste atrás de criaturas malignas. As intenções da maga em lutar contra os seres de outro mundo talvez sejam obscuras, mas a jornada ao seu lado certamente será uma aventura inesquecível...

A TramaO livro se passa numa realidade brasileira alternativa em que todos os mitos, crenças e histórias assombradas são reais. Existem lobisomens, vampiros, sereias, dragões, demônios e muito mais, fazendo mais difícil a vida das pessoas nos sertões do Brasil. Toninho vem de uma família de caçadores, e levou o trabalho para a vida quando cresceu. No meio de uma caçada, ele conhece Josefa, uma maga, filha do próprio "coisa ruim", mas que está disposta a se juntar a ele para livrar o povo do nordeste das ameaças sobrenaturais. O livro conta com capítulos episódicos, em que cada um Toninho e Josefa vão enfrentar um monstro diferente, além de mostrar muito da cultura nordestina e crendices populares; é como se O Auto da Maga Josefa fosse a Supernatural brasileira, e achei tudo bem divertido. No final, você entende o motivo de todos aqueles casos e a história passa a fazer ainda mais sentido. É bem divertido acompanhar os dois protagonistas, as doses de humor vêm na medida certa e a história em si te deixa bem curioso para saber qual segredo a maga está guardando.

Quinta das Capas #109

Bonecas

O Quinta das Capas de hoje trás um tema que pode ser tanto bonito, quanto assustador: bonecas! Uma das coisas que me dá mais medo em histórias de terror são bonecas mal assombradas, e algumas dessas capas me dá medo só de olhar. Bora lá conferir a seleção de hoje!

   
Começando com Menina Má, a capa que me deu a ideia para a categoria de hoje. Essa é uma capa que eu gosto bastante, além de ser uma edição da DarkSide; ela trás essa boneca representando a criança, e esse rasgo mostrando por dentro dela, como se representasse a real faceta da menina. Louras Zumbis tem uma capa estranha, mas que ao mesmo tempo eu gosto, essa boneca de olhos grandes representando muito bem a forma como as líderes de torcida zumbis são descritas na história. Boneca de Ossos é a capa mais "diferente" de hoje, porque além de ser em desenho, é uma boneca de pano/ossos. Eu gosto bastante dessa capa, acho a ideia condizente com a história e a boneca consegue me dar um medinho de leve. A Boneca Fantasma já é uma capa com um teor mais "adulto", mas não sei exatamente do que se trata a história; porém, gostei da forma diferente como a boneca está, a franja tampando os olhos dá um ar de mistério que me agradou.

Mini Resenhas #9

Hoje temos mais mini resenhas de contos, dessa vez de autores nacionais variados, que eu estou amando conhecer esse ano!

A Rosa de Isabela - Solaine Chioro
Páginas: 60
Nota: 42

Um reconto LGBT de A Bela e a Fera e eu amei cada página! Fiquei presa desde o início e só consegui largar quando terminei. As personagens são muito carismáticas e eu adorei a interação entre elas, apesar das poucas páginas, a Solaine soube criar muito bem a relação entre elas. Também gostei que ao invés do pai da Isabela, ser a mãe dela que encontra a "fera", amei como essa inversão de papeis foi feita, tornando essa uma história de mulheres. A leitura é deliciosa, a escrita da autora bem fluida e o conto te deixa com um sorriso no rosto no final. Recomendo muito!

Resenha - Garotas de Neve e Vidro

Título: Garotas de Neve e Vidro
Título Original: Girls Made of Snow and Glass
Livro Único.
Autor: Melissa Bashardoust
Editora: Plataforma 21
Páginas: 424
Ano: 2018
Saiba Mais: Skoob
Comprar: Amazon 

Sinopse: Mina é filha de um mago cruel e sua mãe está morta. Aos dezesseis anos, seu coração nunca bateu apaixonado por ninguém – na verdade, ele jamais bateu de forma alguma, e Mina sempre achou esse silêncio normal. Ela nunca suspeitou que o pai arrancara seu coração e, no lugar, colocara um coração de vidro. Então, quando Mina chega ao castelo de Primavera Branca e vê o rei pela primeira vez, ela cria um plano: ganhar o coração dele, tornar-se rainha e finalmente conhecer o amor. A única desvantagem desse plano, ao que tudo indica, é que ela se tornará madrasta.
Lynet tem quinze anos e é a imagem de sua falecida mãe. Um dia, ela descobre a verdadeira razão disso: a partir da neve, um mago a criou à semelhança da rainha morta. Mas, apesar de ser a projeção visual perfeita da falecida rainha, Lynet preferiria ser forte e majestosa como sua madrasta, Mina. E Lynet realiza seu desejo quando o pai a torna rainha dos territórios do sul, tomando assim o lugar de Mina. A madrasta, então, começa a olhar para a enteada com algo que se assemelha ao ódio, e Lynet precisa decidir o que fazer – e quem quer ser – para ter de volta a única mãe que de fato conheceu... ou simplesmente vencer Mina de uma vez por todas.
Garotas de neve e vidro traça a relação de duas mulheres fadadas a serem rivais desde o princípio – a não ser que redescubram a si mesmas e deem novo significado à história que lhes foi imposta.
Este aclamado reconto feminista do clássico Branca de Neve nos leva a um mundo singelo e, ao mesmo tempo, maravilhoso – como nos contos de fadas. Uma releitura contemporânea para mantê-lo sempre atual e presente.

A TramaNesse reconto da Branca de Neve, encontramos duas protagonistas que foram destinadas a serem rivais - ou as coisas precisam mesmo ser assim? Quando Mina, aos 16 anos, se muda com o pai para Primavera Branca, ela tem só um objetivo: ser a nova rainha e conquistar o amor de seus súditos. 16 anos depois, Lynet, filha do rei, está destinada a ter o poder de governar todos os reinos, roubando, assim, a coroa de Mina. A trama gira em torno de Lynet descobrir quem ela é enquanto tenta escapar do fantasma da mãe que paira sobre ela. É uma história lenta, sem muita ação, e que foca mais em desenvolver suas personagens principais. Demorei um pouco para entrar no ritmo e me envolver com a história, mas no final estava torcendo para ambas as personagens e com uma curiosidade imensa em como tudo ia acabar. É uma fantasia, então temos alguns elementos mágicos no livro que deram um toque a mais; não é exatamente um "sistema" de magia, mas a autora conseguiu incorporar isso muito bem na história.

Mini Resenhas #8

Oi, gente! Hoje trago mais resenhas curtinhas para vocês, dessa vez de quatro contos da autora Olívia Pilar, uma descoberta minha desse ano pela qual estou apaixonada! Os contos são bem curtinhos, então preferi não falar muita coisa para não atrapalhar a experiência de quem for ler, mas também não podia deixar de recomendar por aqui.

Tempo ao Tempo - Olívia Pilar
Páginas: 23
Nota: 42
Comprar: Amazon

Esse conto é um amor! Acompanhamos a história de Elisa e Carol, duas melhores amigas de infância que vão descobrindo sentimentos diferentes ao longo do tempo. É um conto bem curtinho, mas a autora soube usar muito bem todas as páginas, contando uma história que se passa em anos de uma forma curta, mas sem parecer que ficou faltando nada. Fiquei bem envolvida na história de Elisa e Carol, sem contar que eu quase chorei no capítulo final?! Essa foi a forma que a Olívia conseguiu me conectar à essas personagens em pouquíssimas páginas.

Quinta das Capas #108

Compraria Pela Capa

Sabe aqueles livros que só de bater o olho na capa você tem vontade de comprar e ler (sem nem ler a sinopse), só pra ter aquela capa linda na estante? Hoje eu trouxe alguns exemplos de livros assim para mim. Dessa lista eu li somente dois, será que eu me arrependeria se tivesse gastado dinheiro em comprá-los somente pela capa?

   
O Outro Lado do Mundo eu encontrei enquanto estava navegando pelo catálogo do Kindle Unlimited e fiquei apaixonada por essa capa! Amei a mistura do amarelo com o roxo, e a ilustração também está linda, amei as fontes usadas e o design num geral, tudo ficou harmonioso. Vi A Princesa Prometida pela primeira vez em uma livraria e fiquei encantada com essa capa. A edição é em capa dura e contém essas ilustrações lindas que, tenho certeza, mostram algumas cenas da história; fiquei tentada em trazê-lo para casa para apreciar mais a capa, mas ficou para uma próxima. Eu amo como a beleza de O Auto da Maga Josefa está nos detalhes do título, com um fundo plano, mas que fez tudo se harmonizar de uma forma bem bonita. Hazel Wood é mais uma dessas capas que trás vários elementos da história, e eu gosto como esse tipo de capa me deixa curiosa para saber o que cada coisa significa dentro da história.

Resenha - Verity

Título: Verity
Livro Único.
Autor: Colleen Hoover
Páginas: 333
Ano: 2018
Saiba Mais: Skoob
Comprar: Amazon 

Colleen Hoover arrasa novamente!

Sinopse: Lowen Ashleigh is a struggling writer on the brink of financial ruin when she accepts the job offer of a lifetime. Jeremy Crawford, husband of bestselling author Verity Crawford, has hired Lowen to complete the remaining books in a successful series his injured wife is unable to finish.
Lowen arrives at the Crawford home, ready to sort through years of Verity's notes and outlines, hoping to find enough material to get her started. What Lowen doesn't expect to uncover in the chaotic office is an unfinished autobiography Verity never intended for anyone to read. Page after page of bone-chilling admissions, including Verity's recollection of what really happened the day her daughter died.
Lowen decides to keep the manuscript hidden from Jeremy, knowing its contents would devastate the already grieving father. But as Lowen's feelings for Jeremy begin to intensify, she recognizes all the ways she could benefit if he were to read his wife's words. After all, no matter how devoted Jeremy is to his injured wife, a truth this horrifying would make it impossible for him to continue to love her.

A TramaA história começa com Lowen sendo contratada para ser uma espécie de co-autora/ghost writer dos últimos três livros de uma série popular da autora Verity Crawford. O motivo: Verity sofreu um acidente de carro e agora está na cama, com danos cerebrais e sem conseguir fazer absolutamente nada sozinha. Por isso, Jeremy, marido de Verity, convida Lowen para ficar uns dias na casa deles enquanto ela fuça o escritório de Verity em busca de outlines, rascunhos, qualquer coisa que a ajude a escrever os outros três livros da série. E é nesse momento que a coisa começa a ficar louca! Lowen descobre o manuscrito de uma autobiografia escrita por Verity e, quando começa a ler, fica eternamente traumatizada com as coisas que Verity conta, porque a mulher basicamente era um monstro em formato de gente, conseguindo esconder esse seu lado muito bem do marido, por quem ela tinha uma obsessão doentia. Não vou falar muito sobre o que acontece a partir daí, porque esse é um daqueles livros que você precisa ler, descobrir as coisas por si mesmo e tirar suas próprias conclusões. Eu basicamente não conseguia largar esse livro e ficava cada vez mais ansiosa para chegar no final e descobrir o tal plot twist que todo mundo fala nas resenhas. E QUE PLOT TWIST! Algumas coisas que descobrimos no final eu já esperava, mas o final MESMO me pegou de surpresa, sacudiu meu cérebro e me deixou lá tentando entender quem eu era e onde eu estava.

Terça do Top #117

Top 5 livros que larguei pela metade - mas ainda quero ler

Sabe quando você começa a ler um livro, mas a leitura simplesmente não está fluindo e você decide guardar ele pra depois (mesmo que esse depois demore anos para chegar)? No top de hoje, trago 5 livros que se encaixam nessa categoria para mim, alguns estão esperando que eu lhes dê uma nova chance há anos!


A Menina Que Roubava Livros - Markus Zusak

Esse provavelmente é o livro que está nessa lista há mais tempo. Eu li metade desse livro uns seis anos atrás e, apesar de estar gostando da história, por algum motivo a leitura estava arrastada e sendo um sacrifício - definitivamente não era o momento ideal para estar lendo ele. Por isso deixei A Menina Que Roubava Livros de lado, com a promessa de retomá-lo quando me sentisse mais no clima do livro. Só que isso não aconteceu até hoje. Mesmo assim, ele ainda se encontra na lista de livros que quero ler, e realmente vou tentar fazer essa leitura ainda esse ano.


Resenha - O Homem de Giz

Título: O Homem de Giz
Título Original: The Chalk Man
Livro Único.
Autor: C.J. Tudor
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
Ano: 2018
Saiba Mais: Skoob
Comprar: Amazon 

Sinopse: Em 1986, Eddie e os amigos passam a maior parte dos dias andando de bicicleta pela pacata vizinhança em busca de aventuras. Os desenhos a giz são seu código secreto: homenzinhos rabiscados no asfalto; mensagens que só eles entendem. Mas um desenho misterioso leva o grupo de crianças até um corpo desmembrado e espalhado em um bosque. Depois disso, nada mais é como antes.Em 2016, Eddie se esforça para superar o passado, até que um dia ele e os amigos de infância recebem um mesmo aviso: o desenho de um homem de giz enforcado. Quando um dos amigos aparece morto, Eddie tem certeza de que precisa descobrir o que de fato aconteceu trinta anos atrás.
Alternando habilidosamente entre presente e passado, O Homem de Giz traz o melhor do suspense: personagens maravilhosamente construídos, mistérios de prender o fôlego e reviravoltas que vão impressionar até os leitores mais escaldados.

A TramaCom apenas 12 anos de idade, Eddie e os amigos presenciaram dois acontecimentos perturbadores. O primeiro foi um acidente no parque de diversões que machucou e matou algumas pessoas. O segundo foi quando encontraram o corpo desmembrado de uma garota, escondido na floresta. Nos dias atuais, Eddie é um homem que ainda não conseguiu superar os acontecimentos do passado, e quando a tragédia bate novamente à sua porta, ele finalmente vai atrás de respostas para tudo o que aconteceu. O livro conta sua história revezando entre passado e presente, uma tentativa de manter o leitor preso e curiosa, revelando algumas coisas aqui que ainda não aconteceram nos capítulos do passado, ou deixando pistas para os capítulos do presente. Meu grande problema com o livro foi que, apesar dele ter um plot, na maior parte do tempo parecia que não tinha. Tinha todo um mistério acontecendo, um assassino à solta, homens de giz aparecendo do nada, e a autora conseguiu fazer parecer que nada de mais acontecia no livro todo. Não consegui me envolver realmente com a história, achei o thriller mal trabalhado e o grande plot twist foi bem previsível. Dou alguns pontinhos extras à autora pela surpresa que ela nos deixou no final (sobre o Eddie), porque eu realmente não esperava por aquilo e fiquei genuinamente chocada.

Resenha: Hilda e o Gigante

Título: Hilda e o Gigante
Título Original: Hilda and the Midnight Giant
Série: Hilda
2- Hilda e o Gigante
Autor: Luke Pearson
Editora: Quadrinhos da Cia
Ano: 2017
Páginas: 56
Saiba mais: Skoob
Comprar: Amazon

Sinopse: Hilda é uma garota esperta e aventureira que consegue fazer amizade com as mais diversas criaturas — de trolls ameaçadores a enigmáticos homens de madeira. Mas ela não está tendo a mesma sorte com um exército de elfos minúsculos e invisíveis que mora em volta de sua casa… Hilda fará de tudo para defender seu lar e evitar uma mudança para a cidade grande. Mas lidar com os elfos não vai ser nada fácil — cada etapa precisa ser assinada, carimbada e encaminhada às instâncias superiores. Enquanto lida com a burocracia, Hilda ainda terá de resolver o mistério do gigante que aparece toda noite em sua janela. Afinal, os gigantes de antigamente não tinham desaparecido?"