Resenha - The Lipstick Laws

Resenha feita pela Luh! 
Título: The Lipstick Laws
Livro Único
Autora: Amy Holder
Editora: Não publicado no Brasil
Páginas: 240
Ano: 2011 (US)
Saiba mais: Skoob // Goodreads
Comprar: Amazon // BookDepository

Me senti como se estivesse lendo uma versão do filme "Meninas Malvadas" (Mean Girls).

Sinopse: (Lembrando: eu que traduzi) Na Penford High School, Britney Taylor é a rainha. Ela namora com quem quiser, comanda seu círculo de amigas íntimas como Genghis Khan e pode arruinar a vida de alguém com um simples estalar de seus dedos de manicure perfeita. É só perguntar aos desafortunados que ficaram em seu caminho.

Para April Bowers, Britney é também a resposta às suas preces. Com nenhum amigo e nada nem perto de um namorado, April é tão impopular que os alunos nem sabem que ela existe. Isso é, até Britney notá-la. Um almoço na mesa de Britney e April começa a aproveitar o brilho da popularidade.

Mas a amizade de Britney vem com um preço.
Quanto April está disposta a pagar?

A Trama: Preciso começar avisando: esse livro nunca teve uma chance comigo. Para quem nunca viu as resenhas aqui do blog, é a Mari quem resenha os livros mais "juvenis", porque eu já estou lá nos meus 20 anos e não tenho muita paciência para "briguinhas do ensino médio". Por sorte, a trama de The Lipstick Laws não era tão ruim.

Mini-resumo: O livro inicia no primeiro dia de aula do 2º ano de April. A garota costumava ter uma melhor amiga, Haley, mas essa amiga precisou se mudar durante o verão, deixando April completamente sozinha para enfrentar a escola. As aulas são descritas rapidamente e April não parece fazer esforço algum para conseguir novos amigos, até que ela é forçada a ser o par de Britney na aula de educação física. Britney é a típica garota malvada, considerada a "rainha" da escola, e no começo ela não dá muita atenção para April, mas no fim da aula elas acabam conversando e Britney convida a garota para sentar-se em sua mesa no almoço.
É assim que nossa protagonista é introduzida ao mundo dos populares e é em torno disso que gira a trama. Britney tem padrões muito difíceis de alcançar e April acaba abandonando sua moral para conseguir manter suas novas "amigas".

A trama é rápida e a história é curta, The Lipstick Laws é um daqueles livros que você tranquilamente ler em uma tarde. Não espere nada profundo, a trama é bem superficial e basicamente foca na vida dos populares do ensino médio de April.

Os Protagonistas: Eu não consegui gostar de April. Pela maior parte do livro ela não passava de uma garota obcecada com a própria aparência e impopularidade, e acabou abandonando seus ideais e se tornando uma pessoa maldosa e mesquinha. A autora tenta transformar April nessa garota inocente que "se deixa levar" mas, desde a primeira cena do livro, onde a protagonista fala mal de uma garota que está com ela no ônibus simplesmente porque a garota tem seios grandes, fica claro que April já tinha uma personalidade desagradável desde o início. Eu esperava que no final do livro, ao menos, acontecesse alguma transformação com a garota e ela ficasse mais "decente", mas isso não aconteceu.

Os Personagens Secundários: Consigo pensar em uma palavra composta que descreve todos os personagens deste livro: mal-desenvolvido. Nenhum dos personagens era explorado e parecia estar lá apenas para servir seu papel na história. A única que realmente teve um pouco de seu passado revelado e suas ações justificadas foi Britney, a antagonista, mas nem isso salvou-a de ser uma personagem absolutamente chata.


Capa, Diagramação e Escrita: Preciso dizer que foi a capa que me fez ler este livro? Essa boca vermelha ficou linda e o coração deu um toque super especial. Entretanto, a capa me deu a impressão de que o livro era um pouquinho mais "adulto", não sei se é uma imagem muito adequada para o tipo de livro. A diagramação era bem simples e a escrita da autora foi um pouco difícil no início. O livro usa muitas gírias e expressões coloquiais, então não recomendo para quem está começando a ler em inglês.


Concluindo: Um livro rápido e divertido, ideal para você ler quando estiver cansado de histórias sobrenaturais e leituras pesadas. Recomendo para ninguém adolescentes e fãs de histórias como "Meninas Malvadas" que não se importam muito com o desenvolvimento dos personagens.

Quotes: Sério, vocês não querem ler os quotes.
Classificação:
Quer escolher a próxima resenha? É só clicar lá em cima em "Resenhas" e sugerir um dos livros da lista!