Resenha - Ivy Pocket e o Segredo do Diamante

Título: Ivy Pocket e o Segredo do Diamente
Título Original: Anyone But Ivy Pocket
Série: Ivy Pocket
1- Ivy Pocket e o Segredo do Diamente
2- Somebody Stop Ivy Pocket

3- Bring me the Head of Ivy Pockett
Autor: Caleb Krisp
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 336
Ano: 2017
Saiba Mais: Skoob
Comprar: Amazon // Saraiva 

Sinopse: Britânica que conta as peripécias de uma menina órfã esperta, charmosa, autoconfiante e... muito desastrada. Em sua primeira aventura, Ivy se vê abandonada em Paris, sem nenhum centavo e completamente perdida. Quando uma duquesa a incumbe de entregar um colar incrível (e possivelmente amaldiçoado) a uma menina chamada Matilda, em seu aniversário de 12 anos, Ivy enxerga a chance de retornar a Londres e embarca num navio para cumprir a missão. A partir daí, a intrépida protagonista conhece uma série de personagens improváveis e se envolve em muitas confusões e mistérios, incluindo um ataque de estranhas criaturas nanicas que usam vestes de monges. Será que Ivy conseguirá entregar o colar a Matilda e, principalmente, chegar sã e salva à última página?

A TramaIvy pocket é uma tradicional criada inglesa, ou acha que é... Depois de trabalhar um ano para os Midwinters ela vê em Lady Carbunkle a oportunidade de conhecer o mundo, começando pela França. Depois de alguns contratempos ela aceita a missão de entregar um raro diamante para a filha de Lady Amélia - Matilda, como presente pelo seu aniversário de doze anos. A premissa do livro é comum, uma jornada de aventuras e autoconhecimento (mínimo, nesse caso), mas se destaca pela diversão.

Os Personagens: Ivy é singular...  convencida, mas não arrogante, excêntrica,  objetiva, otimista  e muito carismática!! consegue ser muito segura e insegura ao mesmo tempo, e percebe-se que suas atitudes e personalidade refletem um passado solitário.


Capa, Diagramação e Escrita: A capa é adorável, mistura elementos vintage-grunge de forma delicada e receptiva. A diagramação é simples, pontuada por pequenas imagens no início e no final dos capítulos, e grandes ilustrações relativas a trama entremeadas, no mesmo estilo da capa. A escrita é leve, fluida e divertida.

Concluindo: Esse livro não irá acrescentar nada na minha vida, imagino que também não acrescente muito na sua, mas ele é simplesmente "feliz", acho que transfere tudo (ou quase..) que queremos em uma leitura - entretenimento, distração.