Retrospectiva 2015 - Parte 3

Mais alguém acha que 2015 teve pressa de acabar? Esse ano passou tão rápido! Hoje vim mostrar para vocês quais foram as minhas 13 melhores leituras do ano (sim, eu gosto de 13 e vou deixar 13 u.u). Foi difícil escolher alguns livros, porque fiz muitas leituras ótimas esse ano (foram 90 livros lidos no total) e é um pouco difícil deixá-los de lado (outro motivo para eu só conseguir reduzir para 13). Espero que gostem das recomendações e que leiam esses livros maravilhosos!

Vocês sabiam que esse livro estaria aqui! Eu Te Darei o Sol me emocionou de uma forma incrível e eu me apaixonei perdidamente pelos personagens. Ainda lembro deles com muito carinho e mal vejo a hora de poder revisitá-los. Os temas que a autora aborda foram tratados muito bem e de uma forma que deixa o leitor tão envolvido que é difícil não se deixar encantar por essa história também.






Esse ano eu me viciei completamente na história de Norman Bates. Eu já tinha assistido o filme, mas foi depois de ver Bates Motel (a série) e assistir o filme novamente, que senti a necessidade de ir atrás de Psicose, o livro. E eu amei cada momento da leitura! O primeiro capítulo é incrível e o final é simplesmente fenomenal! É um livro que me vejo relendo várias e várias vezes no futuro.







Estou roubando aqui, porque decidi colocar toda a série Academia de Vampiros. Esse ano eu li a série a partir do segundo volume e consegui terminá-la e, mesmo que eu não tenha dado nota máxima ou quase para algum livro, é uma série que me ganhou completamente pelos personagens e pelos ótimos momentos de leitura que me proporcionou. E só isso a fez se tornar uma das minhas favoritas e que eu vou lembrar com carinho sempre. Rose Hathaway é uma das minhas protagonistas favoritas, e isso não é pouca coisa. Em uma época em que estamos saturados de histórias de vampiros, essa série é diferente e apaixonante.



Esse livro é um grito que todo mundo precisa ouvir. O impacto que ele proporciona ao leitor é bem maior que as poucas mais de 200 páginas que ele possui. Dois Garotos Se Beijando pode mudar o ponto de vista de tanta gente e fazer uma diferença enorme no mundo, uma diferença que precisamos.








O Sol é Para Todos trás uma discussão pertinente e importante. Mesmo tantos anos depois do período em que foi escrito ou o em que a história se passa, nossa sociedade se compara em tantos aspectos com o que lemos nessa história que é até assustador. Outro livro que também merece ser lido por todo mundo. 







Métrica não é perfeito, mas eu li no momento certo para mim. Eu consegui me conectar de uma forma bem emocional com a protagonista se tratando de um determinado assunto e isso fez com que eu chorasse muito enquanto lia. Vou fazer uma menção honrosa a Um Caso Perdido, da mesma autora, que também merecia estar nessa lista, porque é outro livro incrível!







O Bicho-da-Seda foi uma sequência sensacional! J. K. Rowling me surpreendeu e me manteve tão focada nesse mistério que eu não poderia deixá-lo de fora dessa lista. Estou adorando os livros policiais dela porque ela não construiu seu detetive como se ele fosse imbatível e não cometesse erros. Cormoran Strike é humano e isso o aproxima muito do leitor e isso faz com que acompanhá-lo seja uma jornada incrível!






Eu gosto da série num todo, porque amo o mundo criado por Cornelia Funke, mas para escolher apenas um livro, Coração de Tinta é o meu favorito de longe. A história é emocionante e você fica tão ligado àquela jornada que é quase impossível largar o livro até que se descubra qual será o desfecho daquilo tudo. 







Escuridão Total Sem Estrelas é um livro cru, visceral, que disseca a alma humana de uma forma brutal e assustadora. O título faz total sentido quando você chega às conclusões de cada um dos quatro contos. O objetivo do autor era nos mostrar até que ponto alguém pode chegar para conseguir algo ou mesmo por vingança, e ele conseguiu fazer isso com sucesso.







Mais um livro que eu tenho vontade de sair distribuindo para todo mundo. Mais um livro que poderia mudar o ponto de vista de muita gente. Mais um livro que mostra que pessoas são pessoas, não importa a forma que nasceram, e merecem serem respeitadas por isso. Sério, Middlesex é capaz de mudar a vida de alguém.







Acompanhamos o romance de Clara e Bernardo em O Descompasso Infinito do Coração, mas esse livro é muito mais do que isso. É uma história de superação, de auto-descoberta, de crescimento, de amor, não apenas romântico, mas o amor próprio. Aprendi muito com o crescimento da Clara e tenho certeza que Bianca Briones continuará nos ensinando coisas maravilhosas nos próximos livros.






A Cidade Murada é alucinante (nunca pensei que usaria essa palavra). É um livro que te deixa sem fôlego só de imaginar o que pode acontecer com os personagens e a trama é tão interessante que é quase impossível largar assim que você começa a ler.








Uma Chama Entre as Cinzas é um tiro atrás do outro! (no momento que estou escrevendo esse post, acabei de terminá-lo, então ainda estou super empolgada) Ele me envolveu de uma forma incrível e é difícil deixar ele de lado quando você começa. A história é brutal em alguns aspectos, mas a forma como ela encanta o leitor é sensacional. Como eu disse uma vez, ele é um pacote de ataques do coração.  







E quais foram as suas leituras favoritas do ano? Deixem suas recomendações para mim!